Subscribe to My Feed




Add to Technorati Favorites



KudoSurf Me!

The Temas Blog at Blogged


Tell a Friend




  • Polls

    How Is My Site? / ¿Cómo es mi sitio web?

    View Results

    Loading ... Loading ...
  • Recent Comments:


  • Get your own Widget


    « | Home | »

    More Coconut Recycling / Mais Reciclagem de Coco

    By Keith R | March 1, 2007

    Topics: Environmental Protection, Waste & Recycling | 7 Comments »

       Adicionar artigo ao Total News      
    1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
    Loading ... Loading ...


    In “Recycling Coconuts” Parts I and II, I mentioned that a number of Brazilian municipalities and states were looking at the experiences of Rio de Janeiro and Fortaleza (Ceará) in recycling green coconut husks — most of them collected after people sipped agua de coco from the coconuts — to make useful products (plant pots, growing walls, mats, etc.). Just got this release from Mato Grosso in my inbox about a similar project underway in the state capital, Cuiabá, and the nearby municipalities of Várzea Grande and Jangada. The project was developed by the State Secretariat for Labor, Employment, Citizenship and Social Assistance (Secretaria de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social - Setecs) and the nongovernmental organization Amaterra.

    Desde a SETECS:

    Projeto utiliza fibra de coco verde para gerar renda

    Vasos para plantas, mantas, capachos, escovas e até estofados para carros. Estes são alguns dos produtos que podem ser confeccionados a partir do reaproveitamento do resíduo do coco verde.

    O projeto, elaborado pela Secretaria de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs) e a Ong Amaterra, está em andamento há quase dois anos e já concluiu as duas primeiras fases de execução, em parceria com a Fapemat, Empaer, Finep e Cefet, entre outros.

    A unidade experimental, com as máquinas e os equipamentos necessários para extrair a fibra e o substrato do coco, já está em funcionamento, no laboratório regional da Empaer, em Várzea Grande.

    De acordo com as pesquisas de viabilidade técnica e econômica realizadas durante o início do projeto, os municípios de Cuiabá, Várzea Grande e Jangada consomem juntos mais de 5,6 mil cocos por dia. “É muita matéria-prima que está sendo desperdiçada porque tem o lixo como destino final”, afirmou a secretária adjunta de Projetos Estratégicos da Setecs, Neide Mendonça.

    Segundo ela, quando a unidade de processamento do resíduo do coco verde estiver em pleno funcionamento, será possível gerar trabalho para muitas pessoas. “No caso de vendedores de rua de água de coco e catadores de materiais recicláveis, por exemplo, o reaproveitamento do coco culminará no aumento da renda familiar”, explicou a secretária adjunta.

    Vale lembrar também que o benefício ambiental do projeto também é muito grande. “O substrato do coco verde tem alto teor de tanino, uma matéria orgânica poluente, que em contato com a água entra em processo de fermentação ou em contato com o solo entra em processo de acidificação”, explicou a pesquisadora Margarette Regina Borges, presidente do Instituto de Povos, Cultura e Natureza Sustentáveis.

    Ela disse ainda que, com pesquisas e investimentos certos, é possível produzir compensados e telhas ecológicas, por exemplo, a partir da fibra do côco. “Outro bom exemplo seria também agregar pluma de algodão à fibra para tecelagem, ou quem sabe utiliza-la como enchimento de colchões”, exemplificou Margarette.

    O projeto foi encaminhado para Furnas Centrais Elétricas e concorre a um concurso nacional que premia bons projetos com incentivos financeiros.

    Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

    7 Responses to “More Coconut Recycling / Mais Reciclagem de Coco”

    1. ALBERTO Says:

      Prezados Sres,
      estamos interesados em imformação sobre o produto FIBRA DE COCO,para exportar para Europa.
      Gostaria de saber,sobre fornecedores,preço por tonelada,prazo de entrega e demais imformações se possivel.
      Nossa empresa esta situada em Alemanha,e estamos precisando com urgencia destas imformações.

      Contamos com sua colaboração

      Com estima

      ALBERTO ROMITI.-

    2. Keith R Says:

      Prezado Alberto, não estou associado com este projeto. Você deve entrar em contato direto com a gerente do projeto, Neide Aparecida Mendonça Gomes, Secretária Adj. de Projetos Estratégicos, da Secretaría de Estado de Trabalho, Emprego e Cidadania e Assistência Social. Não tenho o número direto de telefone pra ela, mas o número geral da Setecs em Cuiba é (65) 3613 – 5700.

      Espero que esta informação é de utilidade pra você.
      Atenciosamente, Keith

    3. katia Says:

      Já faz algum tempor que estou interessada pela reciclagem do coco. Gostaria de mais informaçoes a respeito de máquinas e equipamentos, comercialização e etc…

    4. Antonio José de Almeida Says:

      Prezado Keith, Gostaríamos de contactar o sr. Alberto Romiti, o qual mostrou interesse em fibra de coco para ser remetida para Alemanha. Pedimos sua gentileza no sentido de fornecer nosso e-mail a ele ou informa-nos o e-mail dele.
      Atenciosamente,
      Antonio

    5. Keith R Says:

      Prezado Antonio José,
      Sería um prazer ajudar-lhes entrar em contato. Em breve vou a enviar sua mensagem ao Sr. Romiti, e o email dele a você.
      Atenciosamente, Keith

    6. Andre Says:

      Prezado Sr Antonio,

      Somos exportadores de diversos produtos, dentre eles firmamos recentemente parceria com fabricante de fibra de coco do Ceara – gostariamos de um contato com o Sr Alberto Romiti da Alemanha.
      Agradeco antecipadamente,
      Andre Bussab
      Tradeland

    7. siva Says:

      Dear sir,
      i am interested in waste coconuts project please send details like project cost,

      Thanks&regards
      k sivanageswara rao
      9290162593

    Leave a Reply